Blog

#EuAcreditoEuFaço





FOCO - Quanto tempo da sua vida você gasta com dispersão ?

Você sabia que sentimentos corrosivos como a raiva, a desmotivação, e a falta de estímulo duram apenas 90 segundos? Exatamente caro leitor, eles duram somente 90 segundos, nós que somos os responsáveis por prolongar tais sentimentos destrutivos por mais 90 segundo e mais 90 e outros 90 estendendo este estado degenerativo da realização, muitas das vezes por dias, meses e até anos. 

Estudos revelam que noventa segundos depois do início, o elemento químico da raiva dissipa-se completamente do sangue, logo a resposta automática da ira está completamente encerrada. Se após este período eu continuar furioso, é porque eu decidi permanecer nesta frequência emocional. 

Ou seja, eu sou responsável por manter o neurocircuito destes sentimentos erosivos em mim, ou posso optar em focar no momento presente, resistindo àquela reação até que ela desapareça da minha fisiologia. Falando em focar, é justamente sobre esse tema que vamos mergulhar esta semana. 

Levando em conta o estudo acima, entendo que tudo depende de onde eu canalizo minhas emoções energias e sintonia. Eu posso focar na raiva ou na paz, na desmotivação ou na perseverança, na tristeza ou na alegria, tudo depende da forma em que eu enxergo o mundo ao meu redor, como meu psíquico está sendo estimulado e em como eu escolho me comportar em resposta aos sentimentos ruins que me advém. 

É verdade que não podemos impedir os pássaros de voarem sobre a nossa cabeça, mas afirma o proverbio, que podemos impedi-los de fazer ninhos. A vista disto, nós somos os dirigentes do nosso destino e realização. 

Já não cabe mais, justificativas chulas sobre o por quê você não realizou, executou e conquistou aquilo que tanto você dizia ansiar. E o resultado se dá unicamente pelo foco que você aplicou no projeto, meta e objetivo que estipulou alcançar, ou seja, se você não conseguiu atingir, provavelmente o seu foco estava fora do ângulo. 
 
Ao estudar mais sobre nossa mente chego à conclusão de que temos sempre uma forma alternativa de olhar para qualquer situação. A neurocientista Jill Bolte Taylor fez uma declaração fantástica sobre como podemos focar nas coisas positivas e obter resultados positivos ao invés de focar em situações negativas e desfrutar de sofrimentos, decepções e dores. Veja: 

O que muitos não percebem é que estamos fazendo escolhas inconscientes sobre como respondemos o tempo todo. É tão fácil se deixar prender pelos fios da nossa reatividade pré-programada (sistema límbico) que vivemos navegando no piloto automático. Aprendi que, quanto mais atenção minhas células corticais superiores dão ao que está acontecendo no interior do meu sistema límbico, mais eu posso decidir sobre o que estou pensando e sentindo. Prestando atenção às escolhas que meu circuito automático está fazendo, apodero-me da minha força e faço escolhas de maneira consciente. No final assumo a responsabilidade pelo que atraio para minha vida. 

Uau, quer dizer que eu posso definir o que será dos meus dias vindouros? Sim! 

Quer dizer que a culpa pelo meu fracasso até agora não é dos meus pais, do meu cônjuge e da falta de oportunidades? Não! Eu sou o único responsável por focalizar minhas emoções em situações negativas ou positivas, sou responsável por atrair tudo àquilo conforme eu respondo em cada dificuldade da vida. 

Agora que sua mente esta sendo clareada sob a luz da sabedoria da neurociência, imagine se você pudesse sentar, manter sua mente em uma única meta e realmente finalizar tal tarefa com excelência?

Pense em como seria sua vida
 se você encontrasse uma forma assertiva de focar e gerenciar suas horas de trabalho, intervalos e distrações para que assim você pudesse realmente completar suas metas? Parece uma utopia? Mas tudo é uma questão de técnica.

Não há nada que você seja incapaz de realizar se focar suas energias corretamente neste empreendimento. Quer um exemplo?
Estudos científicos pertinentes à direção defensiva mostraram que, quando, um carro desliza ao frear bruscamente, normalmente bate justamente onde o motorista “pensou que iria bater”! 

Uns chamam esse fenômeno de poder da mente, outros de “O Segredo” e alguns de coincidência, mas o fato é que onde você focar suas energias e fé acontecerá! 

Outro exemplo que vale lembrar aqui é sobre a experiência dos potinhos de arroz. Foi realizado um experimento em que havia dois potinhos de arroz cozido, ambos retirados da mesma panela, e separados em seguida.
 
Durante uma semana, uma pessoa ia até o potinho número um e descarregava palavras negativas sobre ele, depositava energias ruins como, decepção, palavras de incredulidade, incapacidade e desmotivação sobre o recipiente. 
 
Da mesma maneira outra pessoa ia até o potinho de arroz número dois, e ali transmitia palavras de fé, alegria, esperança, motivação, garra, determinação e realização. Após sete dias os dois potinhos foram colocados lado a lado, e foi espantosa além de surpreendente a diferença entre um e outro. 

O pote de arroz em que eram descarregadas energias negativas estava completamente embolorado, todo preto e com odor ruim. Já o pote número dois em que eram colocadas energias positivas com palavras de determinação e força estava intacto.

Tudo o que você foca com fé ou negativismo você alcançará! Quem nunca ouviu a famosa frase: “Um pé de laranja não pode dar limão”? O negativismo não pode gerar positividade em seus empreendimentos. A forma que você focar, será a forma em que você será respondido. 

Este fenômeno antigo teve sua primeira citação na bíblia, veja: "Os olhos são a candeia do corpo. Se os seus olhos forem bons, todo o seu corpo será cheio de luz. 

Mas se os seus olhos forem maus, todo o seu corpo será cheio de trevas. Portanto, se a luz que está dentro de você são trevas, que tremendas trevas são! (Mateus 6:22,23).

O autor deste versículo foi Jesus Cristo, que segundo DR. Augusto Cury, médico psiquiatra, professor e escritor brasileiro, e autor da Teoria da Inteligência Multifocal foi o Homem mais inteligente que já existiu superando todos os grandes filósofos da antiga Grécia. Não se trata de religião, mas de fatos, logo aplicar seu foco em circunstâncias negativas acarretará em trevas, assim como aplicar sua percepção (olho) na luz, quão iluminado serás teus caminhos.

Onde está seu foco? Pense por instantes...

Se você esteve focado somente nos empecilhos da vida, nas tragédias e nos problemas, chegou a hora de você mudar esta sintonia emocional. Lembra-se que você é o responsável por querer continuar nesta frequência? 
 
Você é o coautor da sua história e ninguém mais o é. Logo culpar os outros pelos seus resultados só servirá para você autoenganar-se. Decida sair da zona de conforto das “desculpas esfarrapadas” e se mova.

“Um passo adiante e já não estamos no mesmo lugar”!

O exercício desta semana é não enxergar seu externo de forma negativa, mas bloquear estes sentimentos de autocomiseração, vitimização e cólera por autoapreciação, gratidão e esperança de dias melhores.

Espero que este conteúdo tenha contribuído para seu despertar emocional, se você deseja saber mais sobre como ter foco, agende sua consultoria, entre em contato agora mesmo e mude sua história.
Despeço-me com carinho e nos vemos em breve!

#EuAcreditoEuFaço

Até breve e Gratidão.
Marcos Torres Leão
Master Coach Ericksoniano e Constelador  

Inscreva-se aqui e não perca nenhuma novidade!
Insira seu e-mail abaixo para receber nossas novidades
Feito com