Blog

#EuAcreditoEuFaço





Qual o Melhor Conhecimento que Você Pode Ter? 

Sou a única pessoa no mundo que eu realmente queria conhecer bem. (Oscar Wilde)

É com está frase de Oscar Wilde que inicio o artigo desta semana. A pergunta inicial a você amigo leitor é: “Você se conhece totalmente”?

Verdadeiramente está questão é um dilema que perdura pela história da humanidade e muitos pensadores além de ícones como Sócrates, Che Guevara e Dalai Lama já diziam: “conhece a ti mesmo”, “o conhecimento nos faz responsáveis” e “o período de maior ganho em conhecimento e experiência é o período mais difícil da vida de alguém”.

Desta forma, poderíamos dizer que somos seres que buscam o melhor conhecimento que podemos ter? Quem procura conhecer o homem está também procurando conhecer a si mesmo.

Em busca do melhor conhecimento a ciência avançou significativamente e continua evoluindo. O que era considerado um planeta no passado não é mais hoje, o universo nunca será pequeno o suficiente para ser completamente decifrado e os homens por mais que tentem ainda precisam “conhecer a si mesmo” mais do que nunca.

Embora busquemos pela consciência de si, a falta de percepção da totalidade do “eu” é algo que carregaremos pela vida inteira, ou seja, nunca perceberemos o nosso ‘eu’ como um ser completo. Se assim fosse, nós não teríamos os problemas em relação a “quem somos”.

Entretanto, não devemos desistir da busca por nós mesmos!

Clarice Lispector disse: “sou sempre eu mesma, mas com certeza não serei a mesma para sempre”. Estamos em constante evolução, e quem nós somos hoje não é a mesma pessoa que seremos amanhã, desta forma, “conhecer a nós mesmos” se faz necessário diversas vezes na vida, caso contrário, até poderíamos dizer  “QUEM SOU EU” sem deixar dúvidas.

                                                    QUEM É VOCÊ?

Que pergunta complicada não é mesmo?

Segundo a psicanálise, esta é uma das questões que a humanidade tem grande dificuldade em responder. Ninguém sabe quem é de fato, a não ser que embarque em uma busca profunda de si mesmo.

Este assunto é tão explorado que Sócrates disse: "uma vida que não é examinada não vale a pena ser vivida". Uma pessoa que sabe “quem é” não se perde em fracassos, desenganos e decepções tão facilmente em comparação a uma pessoa que não busca conhecer a si mesmo.

A cada dia o ser humano deve se analisar e buscar por meio da “procura de si”, o conhecimento que realmente vale a pena encontrar. Para quem não sabe o conhecimento de “si próprio” é o pontapé inicial para a autorrealização, autossatisfação e auto efetivação.

Precisamos saber “quem somos”, independente do “outro” para usufruirmos da nossa liberdade, autenticidade e de uma vida feliz.

O autoconhecimento é uma das buscas mais procuradas pelos filósofos antigos, em que os devaneios representam desenvolver a “consciência de si mesmo”, estudo, reconhecimento, aceitação, metamorfose e o equilíbrio das próprias emoções e sentimentos além do corpo e mente.

Cada indivíduo possui o seu próprio sentido e significado de vida, por isso fazer reflexões realistas dos seus talentos, dons e habilidades além dos bloqueios, ao ponto de desenvolver um encontro consigo mesmo, ampliando sua autoestima e confiança é extremamente essencial.

                                         A ERA DA FRUSTRAÇÃO

Vivemos no século das doenças psíquicas em que 80% da população sofrem de ansiedade, depressão e estresse. E sabe o porquê? Porque a maioria delas vive uma vida no anonimato, anulada ou até mesmo uma vida de farsas.

O clássico filme “O Sorriso De Monalisa” nos mostra que mesmo tendo a vida dos sonhos, muitas pessoas estão anuladas, infelizes e presas num padrão de felicidade inexistente. Feminista, a professora de história da arte Katherine Watson ensina suas alunas a questionarem papéis sociais na mais conservadora faculdade para mulheres na década de 50.

A professora inspira suas alunas a acreditar no seu poder de transformação. Se não gosta da realidade à sua volta, saiba que com pequenas ou grandes atitudes é possível transformá-la: basta dar um passo inicial.

A moral do filme ocorre quando as alunas conseguem conhecer a si mesmo e mudar seus destinos, abrindo mão do “padrão de felicidade” estipulado pela sociedade, dos status e principalmente de uma vida renegada.

Em meu artigo MUDE SUA VIDA EM CINCO PASSOS expliquei as causas e efeitos de uma vida anulada. Para ler agora mesmo clique aqui.

                                              SAUDADE DE MIM

No decorrer da vida é comum muitas pessoas, diante dos conflitos e decepções chegarem a conclusão que sentem “saudade de si mesmo”.

Saudade de quem foram ou do que poderiam ter sido!

Estas são as pessoas que abriram mão de quem eram para ser simplesmente um “alguém desconhecido”. Pessoas que embarcaram em relacionamentos tóxicos e abusivos, carreiras inferiores e até mesmo em histórias que não eram a delas. Clarice Lispector disse: “estou com saudade de mim. Ando pouco recolhida, atendendo demais ao telefone, escrevo depressa, vivo depressa”. “Onde está eu”? “Preciso fazer um retiro espiritual e encontrar-me enfim”.

Você conhece pessoas assim? Você é uma dessas pessoas? Se sua resposta for sim, lembre-se o que disse Alexandre Herculano: “eu não me envergonho de corrigir os meus erros e mudar de opinião, porque não me envergonho de raciocinar e aprender”.

Se ao ler este artigo você perceber que sua vida é uma fraude e que você não se reconhece mais, talvez tenha chegado a “hora de parar tudo e descer”.

É por meio do conhecer-se que encontramos a capacidade, possibilidades e os talentos que nos possibilitam realizar nossos sonhos. O ser que se descobre entra em contato com sua essência e liberta o seu propósito de vida além de aceitar sua vontade.

                                COMO CONHECER A MIM MESMO?

Passe tempo a sós consigo mesmo!

Acredite essa é uma ótima estratégia para iniciar sua jornada de conhecimento próprio. Talvez, para algumas pessoas, esta atividade possa ser angustiante, entretanto ao questionar a si mesmo, você encontrará respostas assertivas sobre você.

Viaje sozinho, caminhe sozinho e fique sozinho. Ao contrário do que muitos pensam “estar” sozinho não significa ser solitário, uma vez que, existem inúmeras pessoas com sentimentos de solidão cercada de gente.

Fique sozinho até que você chegue a crise existencial e encontre as respostas das seguintes perguntas: “Quem sou eu”? “Onde estou e para onde vou”? “Por que estou aqui”? Obter tais respostas é o maior conhecimento que alguém pode ter.

Em meu artigo sobre os seis passos para construir o sucesso eu explico de forma clara e objetiva como os níveis neurológicos podem lhe auxiliar a saber “quem é você”. Não deixe de acompanhar. Clique aqui para ler agora. 

Ao ficar a sós consigo mesmo você certamente irá constatar o que o Dr. Augusto Cury disse, veja: “há muitos anos me pergunto quem eu sou”. “Quanto mais me pergunto, menos sei quem sou”. “O que penso que sou não é o que sou”.

Entre neste confronto e se descubra. Adote o lema de “querer apresentar-se a você mesmo novamente”, contudo desta vez, a quem você realmente é.

Estamos chegando ao final deste artigo, mas antes gostaria de perguntar-lhe novamente: Você conhece totalmente a si mesmo? Lembre-se que o ser humano é semelhante a uma tela de pintura inacabada, o pintor sempre têm retoques a fazer, assim é a vida. Desta forma o ser humano não tem “pleno conhecimento de si”, mas tenta se aproximar ao máximo dessa percepção por meio dos estudos aqui apresentados, te levando a um estilo de vida mais satisfatório.

A vista disso, não pare de procurar saber quem é você mesmo que aparentemente você saiba. Lembra-se que somos seres evolutivos? Assim sendo, não seremos os mesmos para sempre.

Espero que este conteúdo tenha agregado informações a você. Se você gostou e deseja conhecer mais conteúdos como este aqui acesse agora mesmo: https://marcostorresleao.com.br/blog e receba artigos extraordinários todas as semanas. Até a próxima!

#EuAcreditoEuFaço

Até breve e Gratidão.
Marcos Torres Leão
Master Coach Ericksoniano e Constelador
Inscreva-se aqui e não perca nenhuma novidade!
Insira seu e-mail abaixo para receber nossas novidades
Feito com